sábado, 14 de julho de 2018

Imobilidade

Eu sempre quero mais
Tanto faz
O mal que faz.

"O depois não é importante."
Disse o lado infante.

Mas a conta sempre chega.
Aquela longa fase negra.
Que tem que se pagar
por cada minuto a se aproveitar.

O pior é quando se esquece
daquilo que te engrandece.
Trocando o bom pelo ruim
e depois chorando um fim.

Mas um novo dia nascerá.
Você irá acordar
e dizer que disso está cansado.
E dias depois, o mesmo fardo
virá te encontrar.
Os dias que nascem sem se acordar.

Terá esse ciclo um fim?
Só depende de mim,
a pior parte e eu.

E ninguém poderá me ajudar
a parar. Não adianta brigar
e nem conversar, quando
o inimigo a se derrotar somos
nós mesmos. Jogados a esmo.

A mente sendo campo de batalha.
O corpo sendo a carne e a navalha.

Para sempre.

Tento acreditar que não.
Até agora, em vão.

Já aprendi minha lição.
Preciso desenvolver uma tática
e coloca-la em prática.

Para voltar a viver
Antes de eu morrer.


terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Destino


Sempre sozinho.
Sem ninguém do lado.
Será esse o tal fardo?

Sigo meu caminho.
Às vezes acabado.
Sem saber pra onde estou direcionado.

Uso esse pergaminho.
É o meu trato selado.
Não seria tudo manipulado?

E então eu caminho.
Sigo bem calmo.
Como se alguém tivesse falado.

Mesmo com todo carinho.
Sigo sozinho.
Sem me importar com o ninho.

Tento conversar.
Mas quem iria aguentar?
A voz que acumula sem cessar.

Então eu tento relaxar.
Quem sabe eu vou achar.
Alguma coisa que um dia vou amar.

E minha busca não vai parar.
Até um dia eu descansar.
E poder enfim, amar.

É tão dificil se controlar.
Ter em o que acreditar.
Espero um dia poder confiar.

E então eu poderei amar e confiar, não ter com o que me preocupar, procurando carinho no caminho que estou sozinho.

sábado, 22 de outubro de 2016

Abril

Nada mais.
Hoje você não é nada mais.
Não importa o que faz
e nem o que já fez.

Talvez no próximo mês,
quem sabe algum dia,
seja diferente
e a gente possa se entender.

Mas acho difícil.
Já que ter
o que era antes
é impossível

Tudo acabou.
O amor secou,
já não éramos tão interessantes
e já não somos mais amantes.
Infelizmente.

Ainda temos muito pela frente
Mesmo assim,
não deixa de ser triste
não saber se quero que você fique
ou que vá para longe de mim.
Onde você está agora. (?)

Mais triste ainda é ver
que tudo foi jogado fora